Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/1891
Título: Difusão molecular em ressonância magnética para estudo de lesões mamárias malignas
Outros títulos: The malignant breast lesions characterization by use of the DW-magnetic resonance imaging
Autor: Jaguegivane, Seena
Janardo, J.
Pereira, M.
Fernandes, A.
Ribeiro, Margarida
Ferreira, Aida
Palavras-chave: Radiologia
Tumor da mama
Ressonância magnética
Difusão protónica
Mapa ADC
Radiology
Breast tumour
Magnetic resonance
Proton diffusion
ADC map
Data: Out-2012
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Jaguegivane S, Janardo J, Pereira M, Fernandes A, Ribeiro M, Ferreira A. Difusão molecular em ressonância magnética para estudo de lesões mamárias malignas. Saúde & Tecnologia. 2012;(T1):41-6.
Resumo: Objetivos – Com este estudo pretendeu-se i) avaliar o contributo da aplicação da sequência de difusão na caracterização das lesões mamárias malignas; ii) considerar se a sequência de difusão deve incorporar o protocolo standard em RM mamária e iii) correlacionar os resultados dos valores de coeficiente aparente de difusão (ADC) e os resultados histológicos. Metodologia – A amostra incluiu 18 pacientes do sexo feminino, com idades compreendidas entre 38 e 71 anos, que apresentavam lesões mamárias malignas confirmadas histologicamente. Foi adicionado ao protocolo de RM mamária a sequência de difusão, de modo a calcular os valores de ADC das lesões observadas. Resultados – Verificou-se que a range de valores de ADC para lesões malignas em ROI’s calculados no centro da lesão apresentavam uma média e desvio-padrão de (0,89 ± 0,14x10-3mm2/s). O método da utilização dos valores de ADC na caracterização de lesões mamárias malignas demonstrou uma sensibilidade de 100%. Conclusões – Neste estudo, com uma sensibilidade de 100%, a ponderação em difusão demonstrou ser uma técnica vantajosa na caracterização de lesões mamárias malignas pelo que se sugere a sua introdução no protocolo standard da RM mamária. ABSTRACT - Aims – The aim of this study was i) to evaluate the potential of the DWI sequence in the characterization of malignant breast lesions; ii) to verify if this sequence should incorporate the breast MRI protocol and iii) to correlate the apparent diffusion coefficients (ADC) values and histological results. Methodology – The sample includes 18 female patients between the ages of 38 and 71 years, who presented with malignant breast lesion confirmed by histology. The DWI sequence was added to the MRI standard protocol to calculate the ADC values. Results – In the results obtained we observed that the range of the ADC values calculated in the center of the malignant lesions, showed a mean and standard deviation of 0.89 ± 0.14 x10-3 mm2 / s. This method of using the ADC values for the detection of malignant lesions showed a sensitivity of 100%. Conclusion – The DWI technique proved to be a useful method in the characterization of malignant breast lesions, as it showed a sensitivity of 100%, so we suggest its inclusion in the Breast MR standard protocol.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/1891
ISSN: 1646-9704
Versão do Editor: http://www.estesl.ipl.pt/sites/default/files/ficheiros/pdf/difusaomolecular_em_ressonancia_magnetica_para_estudo_de_mamarias_malignas.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Difusão.pdf654,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.