Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/1695
Título: Tratamento radiocirúrgico de metástases cerebrais: a relação da histologia, localização cerebral e sintomas
Autor: Gomes, Joana C.
Sá, Ana Cravo
Pinto, R. Ramos
Muñoz, V.
Coelho, Carina Marques
Monsanto, Fátima
Palavras-chave: Radioterapia
Radiocirurgia
Metástase cerebral
Sintomas
Radiotherapy
Radiosurgery
Brain metastasis
Symptoms
Data: Mai-2012
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Gomes JC, Sá A, Pinto RR, Muñoz V, Coelho C, Monsanto F. Tratamento radiocirúrgico de metástases cerebrais: a relação da histologia, localização cerebral e sintomas. Saúde & Tecnologia. 2012;(7):28-32.
Resumo: Objetivo – Caracterizar clínica e estatisticamente os doentes com metástases cerebrais submetidos a radiocirurgia. Metodologia – Análise retrospetiva dos doentes com metástases cerebrais submetidos a radiocirurgia com Linac no Hospital do Meixoeiro, sendo a informação analisada no SPSS, versão 18. Resultados – Avaliaram‑se 116 doentes com metástases cerebrais. As localizações primárias de pulmão (54,30%) e mama (21,60%) predominaram. Destacaram‑se como sintomas mais frequentes: cefaleias, fraqueza motora, hemiparesia, paresia e tonturas. Confirma‑se a existência de correlação entre os sintomas decorrentes da presença de metástase e a sua localização cerebral, evidenciando a sua importância no diagnóstico precoce das metástases. O lobo frontal foi a localização cerebral predominante. Discussão e Considerações Finais – Verifica‑se que tendencialmente não existe correlação entre a localização primária e a localização cerebral da metástase. O número de metástases tratadas não sugere ter influência no tempo de sobrevida após o seu diagnóstico. A realização de cirurgia e/ou administração de radioterapia holocraniana previamente à radiocirurgia não apresentou prolongamento de sobrevida em comparação com os doentes não submetidos a tratamento prévio. ABSTRACT: Objective – To characterize clinically and statistically patients with brain metastases who underwent radiosurgery. Methodology – Retrospective analysis of patients with brain metastases that underwent linear accelerator‑based radiosurgery in Hospital do Meixoeiro, and the information analyzed in SPSS version 18. Results – Were evaluated 116 patients with brain metastases. Primary tumors of lung (54.30%) and breast (21.60%) were predominant. Symptoms that stood out as common: headache, motor deficit, hemiparesis, paresis and dizziness. It was confirmed the existence of a correlation between the symptoms arising from the presence of metastasis and its brain location, showing its importance in early diagnosis of metastases. The frontal lobe and the parietal lobe represented the most affected locations by brain metastases. Discussion of results and Concluding Remarks – It verified that tends to be no correlation between the primary location of the tumor and the location of brain metastasis. The number of treated metastases didn’t suggest influence on survival after their diagnosis. The realization of surgery and/or administration of whole‑brain irradiation therapy prior to radiosurgery, showed no prolongation of survival compared with patients that were not submitted to previous treatment.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/1695
ISSN: 1646-9704
Versão do Editor: http://www.estesl.ipl.pt/Sites/estesl/Publico/ST_RecEd/GAM/S&T_7_4.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tratamento radiocirúrgico de metástases cerebrais.pdf410,19 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.