Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/1610
Título: A estrutura de custos das actividades económicas portuguesas e o custeio baseado nas actividades
Autor: Gomes, Conceição
Rodrigues, Lúcia Lima
Palavras-chave: Custeio baseado nas actividades
Contabilidade de gestão
Estrutura de custos
Data: Nov-2004
Resumo: Nos últimos anos, temos verificado uma alteração na estrutura de custos das empresas. Os gastos gerais de fabrico aumentam em detrimento da mão-de-obra directa. Contudo, a componente com maior peso é a dos materiais directos. O CBA (custeio baseado nas actividades) é um método de custeio que se baseia nas actividades para efectuar a distribuição dos custos indirectos pelos produtos. É um método que está dependente da estrutura de custos, ou seja, segundo a Regra de “Willie Sutton” e o estudo de Vokurka e Lummus (2001), uma empresa com altos gastos gerais é propensa à aplicação do CBA. Ao analisarmos a estrutura de custos das diversas actividades económicas portuguesas, verificámos que existem actividades aptas à implementação do CBA no sector dos serviços bem como na indústria e no comércio. Contudo, apesar desta potencialidade, muitas empresas não optam pelo CBA. Deste modo, concluímos que a estrutura de custos não é um factor premente à implementação do CBA, existindo outros factores a ter em consideração.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/1610
Aparece nas colecções:ISCAL - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
a estrutura de custos das actividades económicas portug….pdf193,26 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.