Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/113
Título: A geometria na formação inicial de professores: contributos para a caracterização dos estudantes
Autor: Tempera, Tiago
Orientador: Serrazina, Maria de Lurdes
Loureiro, Cristina
Palavras-chave: Formação inicial
Educação básica
Geometria
Raciocínio espacial
Classificação
Congruência
Equivalência
Semelhança
Propriedades de figuras 2D
Simetria
Data de Defesa: Nov-2010
Resumo: Este estudo pretende proporcionar contributos para a caracterização dos conhecimentos factuais e relacionais em geometria dos estudantes da licenciatura em Educação Básica de uma Escola Superior de Educação do centro do país, tendo em vista a melhoria da formação inicial de professores do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico e educadores de infância e, consequentemente, das práticas educativas na educação básica. Trata-se de um estudo exploratório que tem como objectivos orientadores (i) caracterizar o conhecimento em geometria dos estudantes no início do curso da licenciatura em Educação Básica, após um ano do curso e no último ano do curso; (ii) compreender que conhecimentos em geometria os estudantes possuem à entrada do ensino superior; e (iii) compreender o que as unidades curriculares da licenciatura acrescentam ao conhecimento em geometria dos estudantes. O estudo consistiu na criação, implementação e análise de resultados de um teste centrado nos conceitos essenciais para o ensino da geometria na educação básica, tendo sido aplicado aos estudantes de todos os anos do curso da licenciatura. A forma como o instrumento foi construído permitiu retirar informações válidas acerca dos conhecimentos dos estudantes ao nível do raciocínio espacial, classificação, congruência, equivalência / área, semelhança, propriedades de figuras 2D e simetria A abordagem metodológica mista adoptada, interligando as metodologias quantitativa e qualitativa, permitiu recolher um número elevado de dados e interpretar os resultados obtidos, enquadrando-os na realidade e contexto em que se inserem. Os resultados do estudo revelam que os estudantes possuem conhecimentos errados em diversas áreas da geometria, permitindo levantar hipóteses sobre a sua origem e soluções. Para além disso, é possível constatar que o seu conhecimento é limitado em algumas áreas da geometria elementar, podendo corresponder a concepções adquiridas na sua escolaridade. Através dos resultados obtidos nesta investigação observa-se que o tipo de conhecimentos em geometria destes estudantes não é linear, isto é, há diferenças nos níveis e tipos de conhecimento em diversas áreas da geometria e a formação inicial parece não estar a conseguir dar resposta às suas dificuldades. Em particular, a frequência de uma unidade curricular de geometria no curso parece não corresponder aos resultados esperados. Identifica-se, assim, uma necessidade de reflectir acerca da formação inicial, tendo em conta os conhecimentos e ideias generalizadas dos estudantes.
Descrição: Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Educação Matemática na Educação Pré-Escolar e nos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/113
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A geometria na formação inical de professores.pdf390,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.